segunda-feira, 25 de novembro de 2019

(Des)Motivacional do dia



A DOR da gente não sai no jornal (e nem no insta!)

Em plena segunda, quando nosso feed fica cheio de mensagens no estilo “foco, força e fé”, convido vocês a uma reflexão sobre a dor que pouca gente quer falar.

ANSIEDADE, DESESPERO e FRUSTRAÇÃO são sentimentos comuns, e muitas vezes frequentes, para quase todos os concurseiros.

Mesmo assim, somos incitados a abafar ou não falar sobre esses sentimentos e “focar” numa rotina de estudos sufocante.

É claro que não dá pra ficar “sentado no trono de um apartamento esperando a morte chegar”. Mas também não vão ser frases aleatórias extraídas de livros de autoajuda que vão nos ajudar a lidar com esses sentimentos negativos.

O meu conselho é que você SE PERMITA SENTIR AS SUAS DORES. Se permita SE ARREPENDER amargamente por não ter estudado o suficiente pra determinado concurso. Se permita SE ROER DE INVEJA do colega que passou num concursão e tá rycoh, enquanto você ainda tá na batalha. Se permita SENTIR A ANGÚSTIA de não ter passado por um triz, ou de não ter passado nem de longe. Se permita SE SENTIR EXAUSTO e com vontade de largar tudo e ir vender sua arte na praia.

Você não é pior do que ninguém por se sentir assim. Você é apenas um ser humano. Não deixem que te digam que seus sentimentos são sinal de fraqueza. E nem seja você a pessoa que vai diminuir os sentimentos de alguém.

Sendo assim, SE PERDOE. Se permita sentir suas dores e se perdoe por senti-las também. Faça uma pausa pra assistir a um filme, sair com amigos, beber e ter ressaca no dia seguinte SEM CULPA. Você merece!

A sua rotina de estudos não é pra ser um tipo de AUTOFLAGELAMENTO. Você está estudando porque você vai precisar de todo esse conhecimento para ser um BOM PROFISSIONAL no futuro.

Não vai ser aqui nesse post que vou te dizer que "vai passar", "sua hora vai chegar", "estuda que passa". Aqui eu vou te dizer que CONHEÇO E ME SOLIDARIZO com sua dor. Toma aqui um abraço!

Manda esse post pra quem você acha que está precisando ler essa mensagem e aproveita pra chorar também suas pitangas com a gente nos comentários. Sou toda ouvidos.


Suzane Lima

domingo, 24 de novembro de 2019

Studygrams de Biblio Concurseiros






STUDYGRAMS são perfis no Instagram que compartilham dicas, conteúdo, rotina de estudos, esquemas, mapas mentais, lettering, vício em papelaria, etc...

Na minha opinião, é um ótimo meio para aumentar seu engajamento e compromisso com os estudos. Só cuidado pra não perder o foco, é claro.

Abaixo estão alguns biblio Studygrams que vale a pena seguir. 😍

@concursosembiblio : esse é o meu preferido. Além da rotina de estudos, a biblioconcurseira compartilha mapas mentais, conteúdo e dicas.

@bibliofoco : é de uma amiga minha e colega de trabalho e uma das bibliotecárias que mais me inspira profissionalmente. Ela compartilha dicas, rotina, conteúdo e oferece o serviço de bibliocoaching (não sei se há vagas, mas vai que...).

@biblioestudos : pra mim é o que tem a identidade visual mais bacana. Também compartilha dicas e conteúdo - e de forma muito fofa. Não vou mentir, adoooooro!

@malubiblio : cheio de mapas mentais legais. Amiga, ensina nós a desenhar mapas assim!!!


@concursoebiblioteconomia : conteúdo de biblio e uma coleção de stabilo de dar inveja. Também tem um design bem bacana. Descobri esse ao fazer essa compilação e amei!

@bibliotecariasandra : compartilha sua rotina de estudos, mas está sumida (alô @bibliotecariasandra, estamos sentido saudades!). Indica vários livros que caem muito em concursos de biblio.

@estudebiblio : esse é de uma estudante exemplar. Ainda no segundo semestre de Biblio da UFAM, já compartilha seus resumos e estudos. Embora não seja voltado especificamente pra concursos, fica aí o exemplo pra gente se inspirar.

Fala aí! Se animou em criar o seu próprio studygram?

Se você conhece outros studygrams de biblio bacanas ou tem um, fala aqui nos comentários que posso indicá-los num próximo post. E segue lá o nosso insta também: @biblioconcurseiros

Ciência da informação para concursos



Direto do livro A Ciência da Informação, do Le Coadic, que consta na Bibliografia do Biblio Concurseiro, compartilho aqui alguns conceitos básicos de CI para concursos.

1. A sociedade da informação necessita de uma ciência que estude as propriedades da informação e os processos de sua construção, comunicação e uso.

2. A ciência da informação tem por objeto o estudo das propriedades gerais da informação, ou seja, análise dos processos de construção, comunicação e uso da informação e a concepção de produtos e sistemas que permitem sua construção, comunicação, armazenamento e uso.

3. A ciência da informação é uma ciência interdisciplinar. (Isso sempre cai em concurso)

4. A ciência da informação é uma ciência social. (Isso também cai bastante, algumas bancas tentam confundir o candidato dizendo que a CI é uma ciência exata).

Fonte: LE COADIC, Y. F. A ciência da informação. Brasília: Briquet de Lemos, 1996.

sexta-feira, 22 de novembro de 2019

Biblio Concuseiros iniciantes: 4 dicas para começar





Uma luz aos Biblio Concurseiros iniciantes!

Quando comecei a estudar, há dez anos, havia pouquíssimo material de estudo sobre o “assunto” e o jeito era cada um descobrir o seu próprio caminho.


O que sobra aqui, entretanto, é amor e paciência com quem está começando. Então pega essas dicas de quem aprendeu na prática o que fazer nesse comecinho de estudos e compartilhe esse post com os biblio concurseiros iniciantes que você conhece.


1: Mesmo que ainda não esteja estudando pra um concurso específico, a 1ª dica é: comece a RESOLVER QUESTÕES de provas passadas. Assim, você vai constatar quais são suas lacunas (provavelmente muitas e não se assuste por isso) e vai perceber como as bancas cobram o conteúdo programático dos editais. No PCI Concursos você encontra provas para baixar gratuitamente.


2: Agora que você (provavelmente) viu que não sabe de quase nada, comece a estudar a BIBLIOGRAFIA BÁSICA para Concursos de Biblio: goo.gl/8jecce


3: Organize seu tempo: esse poderia ser o primeiro passo pra quem quer começar a estudar, mas pode ser, ao invés de um facilitador, um entrave para pessoas com pouco tempo disponível por motivos de trabalho, família, outros estudos, etc. Muita gente simplesmente se conforma com sua falta de tempo e não estuda porque não dá. Por isso sou da opinião de que melhor começar sem tempo, do que nunca começar. Sendo assim, mesmo que só por alguns minutos por dia, resolva questões e estude um pouco da bibliografia básica. Fazendo assim, logo você vai pegar tesão pela coisa. Pegando tesão pela coisa, siga a dica 3: ORGANIZE SEU TEMPO de modo a reservar um período diário ou semanal dedicado aos estudos. 


4: Há muito material de estudo de qualidade, gratuito e à venda, na Internet. Mas a minha 4a dica é: elabore SEU PRÓPRIO MATERIAL DE ESTUDO, da forma mais didática possível e que facilite o SEU entendimento. Mas calma, gente! Se você não quiser, não precisa compartilhar nem vender esse material. O objetivo aqui é que VOCÊ aprenda de fato o conteúdo estudado e possa revisitá-lo com facilidade no futuro. Lembre-se: o material feito por você vai ser o MELHOR MATERIAL pra concurso, porque, correndo o risco de ser clichê, o melhor jeito de aprender é ensinando, mesmo que seja ensinando a você mesmo. 



Tem uma dica que também acha válida? Fala pra gente aqui nos comentários.